11
Mai
2015
Dia Mundial da Hipertensão Associada à obesidade e ao sedentarismo, a hipertensão arterial é uma doença que normalmente não dá sintomas, podendo manifestar-se por complicações graves, como o acidente vascular cerebral ou o enfarte agudo do miocárdio. Uma vez diagnosticada, o tratamento desta doença passa por alterar o estilo de vida, corrigir fatores de risco e pela terapêutica farmacológica. Em Portugal, cerca de 3 milhões de pessoas são hipertensas, a maioria das quais não apresentam valores tensionais controlados, apesar de uma evolução favorável verificada nos últimos anos.

´A redução do excesso de peso, a diminuição do consumo de sal e de álcool, evitar alimentos salgados ou ricos em gorduras e açúcar e a prática regular de exercício físico, pelo menos três vezes por semana, podem, em muitos casos, ser suficientes para o controlo da hipertensão arterial, evitando assim a terapêutica farmacológica e reduzindo o risco de complicações graves. No entanto, a maioria dos doentes refere ter muitas dificuldades em adotar um estilo de vida saudável apesar da gravidade da doença´, diz Severo Torres, coordenador da Unidade de Cardiologia do Hospital Lusíadas Porto.

O diagnóstico precoce é fundamental até porque ´a hipertensão poderá ser reversível se forem identificadas e corrigidas as causas desencadeantes e adotadas as medidas terapêuticas adequadas´, explica o cardiologista.
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 29154 vezes
7
Mai
2015
Doença celíaca subdiagnosticada em Portugal A doença celíaca, caraterizada por uma sensibilidade permanente ao glúten, é um problema que afeta sobretudo o sexo feminino e que continua a ser subdiagnosticado em Portugal. Numa altura em que se assinala o Dia Internacional do Celíaco, a Unidade de Nutrição Clínica do Hospital Lusíadas Lisboa deixa alguns conselhos alimentares que ajudam a cumprir uma dieta isenta de glúten.

´A doença pode manifestar-se em qualquer idade e atinge ambos os sexos, embora nos adultos seja mais frequente no sexo feminino. Na infância, surge normalmente entre os 6 e os 24 meses, altura em que ocorre a introdução do glúten na dieta´, explica Ana Rita Lopes, coordenadora da Unidade de Nutrição Clínica do Hospital Lusíadas Lisboa.
Os sintomas mais frequentes da doença nas crianças são diarreia, vómitos, distensão abdominal, irritabilidade e atraso no crescimento. Nos adultos é frequente ocorrer diarreia, distensão abdominal, cansaço fácil, alterações do humor, anemia, alterações dermatológicas e, em alguns casos, infertilidade.

ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 29141 vezes
6
Mai
2015
 
Corrida Saúde Mais Solidária
 
A Corrida Saúde+Solidária é uma atividade sem fins-lucrativos desenvolvida pela Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina de Lisboa, no âmbito do seu departamento desportivo. Esta corrida tem como meta traçada desde a sua conceção inicial, a criação de laços entre a promoção da Saúde e a vertente solidária que caracteriza a AEFML.

Com a realização desta corrida temos dois objetivos fundamentais: ter impacto na área da saúde, promovendo hábitos saudáveis e também na área da solidariedade. Com esta corrida conseguimos criar um movimento solidário junto dos Hospitais da zona de Lisboa que apadrinham uma IPSS que diariamente contribuem para o seu bom funcionamento.

Cada inscrição é associada pelo corredor a um eixo Hospital-IPSS, revertendo uma parte diretamente a favor dessa instituição de Solidariedade. No final, a Comissão Organizadora divide todos os lucros pelas IPSS.
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 26892 vezes
5
Mai
2015
 
No Brasil, o Estado cria 327 vagas de emprego para pessoas com deficiência
 
Estado oferece 327 vagas de emprego para pessoas com deficiência

Desde sua implantação em 1995, o Padef inseriu mais de 13,5 mil pessoas com deficiência no mercado de trabalho

O Programa de Apoio à Pessoa com Deficiência (Padef), coordenado pela Secretaria de Estado do Emprego, oferece nesta semana 327 oportunidades de emprego. As vagas estão distribuídas entre Capital (220), Grande São Paulo (96), regiões de Ribeirão Preto (5) e Vale do Paraíba (2). Os destaques são: repositor de mercadorias, monitor de vídeo, auxiliar de linha de produção e atendente de lojas.
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 27137 vezes
5
Mai
2015
 
 Em Angola, mais de 80 mil pessoas com deficiências beneficiam de assistência
 
Luanda - Oitenta e nove mil e quatrocentos e trinta oito (89.438 ) pessoas com deficiências estão sob atendimento directo dos governos provinciais, sendo Uíge, Huíla e Luanda (com maior densidade populacional) as com maior número de beneficiários, reafirmou à Angop o director nacional de Integração Social da Pessoa com Deficiência, do Ministério da Assistência e Reinserção Social (Minars).

Em recente entrevista exclusiva à Angop, a propósito da situação dessa franja da população na sociedade, o director nacional de Integração Social da Pessoa com Deficiência, do Minars, Humberto Fernando Costa , realça que os dados estatísticos resultam de levantamentos feitos pelo sector quadrienalmente e que, nesse momento, trabalha-se com as direcções provinciais no sentido de se recolher informações a respeito, para poder torná-las público.

Na ocasião, o responsável enfatizou que no âmbito do cumprimento, pelos mais diversos sectores públicos e privados da sociedade, dos diplomas legais, como a Lei da Pessoa com Deficiência que o Executivo fez aprovar, algumas associações foram elevadas à categoria de utilidade pública e recebem verbas do Estado, para desenvolver acções em prol da pessoa com deficiência.
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 26855 vezes
5
Mai
2015
 
Ana Leal, da TVI, é uma das vencedoras da edição deste ano do Prémio Dignitas.
 
Este prémio destina-se a distinguir os melhores trabalhos de jornalistas portugueses que promovam a dignidade das pessoas com deficiência, os seus direitos humanos e a inclusão social.

ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 29436 vezes
5
Mai
2015
A edição deste ano do Prémio Dignitas distinguiu com uma menção honrosa um trabalho da Renascença sobre empreendedorismo social. A reportagem da jornalista Liliana Carona, emitida em Junho de 2014, deu a conhecer o Parque Biológico da Serra da Lousã, onde 95% dos trabalhadores são portadores de deficiência.

Esta terça-feira, na cerimónia de entrega de prémios, que decorreu na Assembleia da República, Liliana Carona referiu que este é um importante reconhecimento e um incentivo para continuar.

"Estou muito feliz, sobretudo pelo reconhecimento desta área da deficiência, que para mim nunca foi uma área nova ou diferente. Já tive na minha família pessoas com deficiência, desde os tempos de escola que sempre tive colegas com alguma diferença, entre aspas. Sempre fui educada nesse sentido", afirmou.
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 29420 vezes
5
Mai
2015
 
Leque lança linha de material lúdico inclusivo
 
A Associação Leque - Associação de Pais e Amigos de Pessoas com Necessidades Especiais, sedada em Alfandega da Fé, apresentou a nível nacional a primeira linha de material lúdico didático inclusivo, em Portugal.

O projeto, com o nome EKUI (Equidade, Knowledge, Universalidade e Inclusão), começado a ser idealizado e operacionalizado desde 2008, tendo sido apresentado publicamente após uma fase de investigação e validação científica rigorosa.

Segundo a mentora do projeto, Celmira Macedo, já este ano, o EKUI recebeu, por parte do Instituto de Empreendedorismo Social, o Selo Es+, que o distingue como uma iniciativa de Elevado Potencial de Empreendedorismo Social.
Esta notícia já foi consultada 27871 vezes
4
Mai
2015
Telemóvel com botão de pânico sinaliza em caso de acidentes ou desmaios Existem profissões de risco, ou desempenhadas em locais menos acessíveis, que colocam algumas preocupações relativamente à segurança do trabalhador. Da mesma forma, para a população idosa e cuidadores, é importante a resposta rápida a quaisquer acidentes ou problemas que possam surgir.

Foi com estes dois grupos muito distintos de pessoas em mente, e com a preocupação comum de uma uma rápida resposta em caso de acidente, que a GAES – Centros Auditivos, líder ibérica em soluções auditivas, introduziu no mercado português o telemóvel Doro Secure 580 com controlo de inatividade por envio de chamada automática e SMS, com localização GPS, em caso de emergência (acidentes, quedas, desmaios, entre outros). Um autêntico “botão de pânico” essencial, colocando a ajuda a um simples clique de distância. O botão de emergência está na parte de trás do telemóvel Doro Secure 580 e conta com envio de localização GPS para garantir a máxima fiabilidade.

Em caso de emergência, o telemóvel disponibiliza também a ficha médica, contendo informações como o seguro de saúde, os contatos, alergias, o nome do médico, grupo sanguíneo, medicação em uso, entre outros pontos relevantes ao atendimento de urgência. Realiza também o envio automático de chamadas de emergência e SMS para 5 contactos pré-definidos, sendo que familiares pré-definidos podem solicitar localização GPS do utilizador do telemóvel.
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 27039 vezes
3
Mai
2015
Um homem de 51 anos foi impedido de entrar numa discoteca em Abrantes, por ter deficiência.
A discoteca em causa usou o Facebook para comentar a situação.

Segundo o site Blasting News, Francisco Gonçalves, resolver ir com um amigo até à discoteca AquaClub no passado dia 25 de Abril. Uma senhora proibiu a entrada do homem, portador de Trissomia 21, dizendo que não era permitida a entrada de pessoas com deficiência no estabelecimento, deixando apenas entrar o amigo de Francisco.

ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 26986 vezes
Página 11234567Próxima
 
12.865.618 visitantes
2223 online neste momento