11
Mai
2015
Dia Mundial da Hipertensão Associada à obesidade e ao sedentarismo, a hipertensão arterial é uma doença que normalmente não dá sintomas, podendo manifestar-se por complicações graves, como o acidente vascular cerebral ou o enfarte agudo do miocárdio. Uma vez diagnosticada, o tratamento desta doença passa por alterar o estilo de vida, corrigir fatores de risco e pela terapêutica farmacológica. Em Portugal, cerca de 3 milhões de pessoas são hipertensas, a maioria das quais não apresentam valores tensionais controlados, apesar de uma evolução favorável verificada nos últimos anos.

´A redução do excesso de peso, a diminuição do consumo de sal e de álcool, evitar alimentos salgados ou ricos em gorduras e açúcar e a prática regular de exercício físico, pelo menos três vezes por semana, podem, em muitos casos, ser suficientes para o controlo da hipertensão arterial, evitando assim a terapêutica farmacológica e reduzindo o risco de complicações graves. No entanto, a maioria dos doentes refere ter muitas dificuldades em adotar um estilo de vida saudável apesar da gravidade da doença´, diz Severo Torres, coordenador da Unidade de Cardiologia do Hospital Lusíadas Porto.

O diagnóstico precoce é fundamental até porque ´a hipertensão poderá ser reversível se forem identificadas e corrigidas as causas desencadeantes e adotadas as medidas terapêuticas adequadas´, explica o cardiologista.
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 24452 vezes
7
Mai
2015
Doença celíaca subdiagnosticada em Portugal A doença celíaca, caraterizada por uma sensibilidade permanente ao glúten, é um problema que afeta sobretudo o sexo feminino e que continua a ser subdiagnosticado em Portugal. Numa altura em que se assinala o Dia Internacional do Celíaco, a Unidade de Nutrição Clínica do Hospital Lusíadas Lisboa deixa alguns conselhos alimentares que ajudam a cumprir uma dieta isenta de glúten.

´A doença pode manifestar-se em qualquer idade e atinge ambos os sexos, embora nos adultos seja mais frequente no sexo feminino. Na infância, surge normalmente entre os 6 e os 24 meses, altura em que ocorre a introdução do glúten na dieta´, explica Ana Rita Lopes, coordenadora da Unidade de Nutrição Clínica do Hospital Lusíadas Lisboa.
Os sintomas mais frequentes da doença nas crianças são diarreia, vómitos, distensão abdominal, irritabilidade e atraso no crescimento. Nos adultos é frequente ocorrer diarreia, distensão abdominal, cansaço fácil, alterações do humor, anemia, alterações dermatológicas e, em alguns casos, infertilidade.

ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 24467 vezes
5
Mai
2015
 
Ana Leal, da TVI, é uma das vencedoras da edição deste ano do Prémio Dignitas.
 
Este prémio destina-se a distinguir os melhores trabalhos de jornalistas portugueses que promovam a dignidade das pessoas com deficiência, os seus direitos humanos e a inclusão social.

ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 24674 vezes
5
Mai
2015
A edição deste ano do Prémio Dignitas distinguiu com uma menção honrosa um trabalho da Renascença sobre empreendedorismo social. A reportagem da jornalista Liliana Carona, emitida em Junho de 2014, deu a conhecer o Parque Biológico da Serra da Lousã, onde 95% dos trabalhadores são portadores de deficiência.

Esta terça-feira, na cerimónia de entrega de prémios, que decorreu na Assembleia da República, Liliana Carona referiu que este é um importante reconhecimento e um incentivo para continuar.

"Estou muito feliz, sobretudo pelo reconhecimento desta área da deficiência, que para mim nunca foi uma área nova ou diferente. Já tive na minha família pessoas com deficiência, desde os tempos de escola que sempre tive colegas com alguma diferença, entre aspas. Sempre fui educada nesse sentido", afirmou.
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 24710 vezes
3
Mai
2015
 
Seminário «TAI: Unidades de Apoio Especializadas»
 
Tema: Tecnologias de Apoio para a Inclusão
Local: Auditório da Escola Secundária D. Dinis - Rua Manuel Teixeira Gomes, Lisboa
Data: 13 de maio, das 17h30 às 20h30

Integrado no Ciclo de Seminários Educar na e para a Diversidade: Tecnologias de Apoio para a Inclusão (TAI), que decorre entre 15 de abril e 3 de junho de 2015,o Seminário "TAI: Unidades de Apoio Especializadas" tem por objetivo de capacitar educadores, professores e outros agentes educativos, a dar corpo a um dos ideais da Escola inclusiva: Ser um espaço e tempo acessível de todos e para todos.
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 4191 vezes
3
Mai
2015
Tema: Papel, Intervenção e Saúde dos Profissionais e Famílias

Esta conferência vai ter lugar no dia 26 de Maio de 2015 e tem como oradora, Isa Silvestre do Agrupamento de Escolas de São Bruno.

Local: Auditório do Agrupamento de Paço de Arcos - Rua Carlos Vieira Ramos, 2774-516 Paço de Arcos
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 4168 vezes
3
Mai
2015
Seminário Inclusão
por APPACDM Viana de Castelo
 
Seminário Inclusão
 
No âmbito das comemorações do 43.º aniversário da APPACDM de Viana do Castelo, no programa da SEMANA DA INCLUSÃO de 10 a 17 de maio de 2015, destacamos o SEMINÁRIO INCLUSÃO que se realizará no dia 13 de maio no Auditório Couto Viana da Biblioteca Municipal de Viana do Castelo com as seguintes abordagens:

"INCLUSÃO ATIVA” Jerónimo de Sousa - Centro de Reabilitação Profissional de Gaia

"INCLUSÃO: UMA QUESTÃO DE ATITUDE” - Sofia Santos - Faculdade de Motricidade
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 4105 vezes
7
Fev
2013
Programa Festival dos sentidos - 12/2/201312 Fevereiro – 3ª feira
Tarde das 14h00 às 16h30

(Foyer) – Workshop “Contos e Contas” – Susana Zuzarte
(Foyer) – Workshop Marionetas – Isabel Silva
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 167366 vezes
7
Fev
2013
A Arte e o Desporto como promotores de realização e auto estimaSEMINÁRIO - 13 Fevereiro de 2013

Centro Cultural da Malaposta
(Rua de Angola – Olival de Basto)
(metro Sr Roubado – linha amarela; autocarro 36 sr Roubado/Odivelas)
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 167520 vezes
6
Fev
2013
Prémio EM Curtas – Estão abertas as candidaturas para estudantes de cinema e audiovisuaisFoi lançado o primeiro Prémio EM Curtas, criado para divulgar e sensibilizar a sociedade para a temática da esclerose múltipla, fomentando a realização de curtas-metragens, com a duração máxima de dez minutos, que possam contar histórias sobre como é viver com esta doença.

A Novartis, em parceria com o Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA), lança a iniciativa, dirigida a estudantes das áreas de cinema e audiovisuais de todo o país. Para realizarem as curtas, os estudantes contam com o apoio das três associações de doentes no país, a Associação Nacional de Esclerose Múltipla (ANEM), a Associação Todos com a Esclerose Múltipla (TEM) e a Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM). Às associações caberá o papel de promover a interação dos estudantes com doentes e as suas famílias para que percebam o que é a esclerose múltipla, o seu impacto no dia-a-dia, transportando a sua visão da doença para o grande ecrã. (acompanhe a iniciativa na página de facebook da SPEM: www.facebook.com/SPEM.Portugal)


Esta notícia já foi consultada 167700 vezes
Página 11234567Próxima
 
11.943.903 visitantes
532 online neste momento