19
Nov

A Engenharia de Reabilitação e Acessibilidade consiste na aplicação sistemática de tecnologias, metodologias da engenharia, ou princípios científicos à satisfação das necessidades e remoção das barreiras com que se confrontam as pessoas com handicaps em áreas onde se inclui a educação, reabilitação, emprego, transporte, autonomia e lazer (Legislação Norte-Americana de 1986 - Public Law 99-506).

Existem em Portugal vários profissionais com um longo percurso nesta área, mas que se encontram a trabalhar como ilhas num oceano de imensas necessidades.

O I Encontro de Engenharia de Reabilitação e Acessibilidade proporcionou um primeiro contacto entre estes profissionais e foram discutidos diversos assuntos relacionados com esta área.

É necessário continuar a aproximar estes profissionais. A criação de uma ponte sólida que os una no esforço de fazer avançar a Engenharia de Reabilitação no nosso país é fundamental. Estabelecemos por isso como um dos objectivos principais do II Encontro de Engenharia de Reabilitação e Acessibilidade a discussão sobre a criação da Sociedade Portuguesa de Engenharia de Reabilitação e Acessibilidade (SUPERA) e o seu caminho rumo ao futuro.

SUPERA - Uma Ponte para o Futuro

Este encontro está a ser organizado pela Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Beja com a colaboração de diversos parceiros locais e nacionais.

Destinatários
Este encontro destina-se a investigadores, engenheiros, técnicos de reabilitação, técnicos de gerontologia, professores do ensino Especial, alunos; As inscrições são gratuitas e estão limitadas a 100.

Convidados
José António Rendondo Martin-Aragon, CEAPAT - Centro Estatal de Autonomia Personal Y Ajudas Tecnicas.

Idália Moniz, Secretária de Estado Adjunta e da Reabilitação.

LOCAL E DATA:
Auditório dos Serviços Comuns do Instituto Politécnico de Beja
Beja, 30 de Novembro de 2006

Esta notícia já foi consultada 2066 vezes
 
Publicidade