2
Jan

A vitamina D pode proteger contra a Esclerose em Placas, segundo um estudo da Harvard University, publicado no Journal of the American Medical Association (JAMA).

Investigadores de Harvard examinaram os dados de mais de sete milhões de membros do pessoal militar norte-americano para observar se o risco de contrair Esclerose em Placas disparava com a subida do nível de vitamina D no sangue.

Este efeito apenas foi observado nos indivíduos caucasianos, não sendo os dados convincentes nos negros e nos hispânicos. A relação entre a vitamina D e a ausência desta doença é particularmente forte no grupo de pessoas com menos de 20 anos, segundo o estudo.

Os 20% de indivíduos estudados que tinham o nível mais elevado de vitamina D no sangue tinham 62% menos de riscos de contrair Esclerose em Placas do que os 20% que tinham o nível mais baixo de vitamina D.

"O estudo mostra claramente que a vitamina D tem um efeito protector e que poderia evitar milhares de casos de Esclerose em Placas ", declarou Alberto Ascherio, professor associado em nutrição e epidemiologia na faculdade de saúde pública de Harvard, e um dos autores do estudo. No entanto precisou que os resultados eram ainda muito incompletos para justificar a recomendação de um suplemento de vitamina D na dieta quotidiana.

Fonte: Lusa e Imprensa Internacional
MNI- Médicos na Internet


Esta notícia já foi consultada 2257 vezes
 
Publicidade