18
Fev
Ao contrário do que se pensava, os suplementos de cálcio e vitamina D produzem apenas uma protecção limitada contra os riscos de fracturas ósseas nas mulheres mais idosas, segundo explicam investigadores num trabalho publicado no New England Journal of Medicine.

A investigação, realizada a 36.282 mulheres com idades entre os 50 e os 79 anos, com a menopausa já concluída, demonstrou que houve um ligeiro crescimento de apenas um por cento na densidade da massa óssea nos fémures das mulheres que tomaram os suplementos, ao contrário de um grupo de mulheres que tomou apenas um placebo.

Segundo a mesma investigação verificaram-se menos 12 por cento de fracturas do colo do fémur no grupo das mulheres que tomaram os suplementos de cálcio e vitamina D, mas para os responsáveis do estudo, esta diferença não é estatisticamente significativa.




Esta notícia já foi consultada 2212 vezes
 
Publicidade