4
Jul

Os campos de férias do BIPP - Banco de Informações de Pais para Pais - regressam este verão para animar quem mais precisa. A Fundação Luís Figo alia-se mais uma vez a esta iniciativa, tornando-se parceira do projecto e apoiando 125 crianças carenciadas, com e sem deficiência, que de 11 de Julho a 13 de Agosto vão frequentar por um período de uma semana, a custo zero, os campos de férias Espaço In Férias 2011.

Com actividades recreativas e desportivas para crianças que, por serem portadoras de deficiência ou por terem carências de ordem social, têm necessidades especiais, este campo de férias promovido pelo BIPP pretende incentivar a inclusão de todas as crianças na sociedade, criando-lhes oportunidades de lazer e alegria.

"A parceria com a Fundação Luís Figo consiste em assegurar a participação das 125 crianças carenciadas, com ou sem deficiência, no Espaço In Férias 2011, promovendo um espaço seguro e de bem-estar que estimule o desenvolvimento qualificado e inclusivo, à medida de cada um," refere Sara Souto, Directora-Geral da Fundação Luís Figo.

Além disso, estão abertas as inscrições para qualquer criança, com ou sem deficiência, entre os 2 e os 13 anos, que queira participar neste campo. Este ano, o Espaço In Férias tem como tema principal a 'Água' e inclui, entre outras actividades, idas à praia, caminhadas e 'Jogos Sem Barreiras'.

Joana Santiago, Presidente do BIPP, afirma que "continuamos a sentir muita necessidade, por parte das famílias, em encontrar respostas para a inclusão das crianças com necessidades especiais e com carências de ordem sócio-económica no período das férias escolares."

"As barreiras existentes são muitas, sobretudo para as crianças e jovens portadoras de deficiência, impedindo o seu crescimento saudável e inclusivo, e criando problemas aos pais por não terem actividades que se adaptem às necessidades dos filhos". Joana Santiago acrescenta que "o apoio da Fundação Luís Figo a 125 crianças é muito significativo e demonstra o compromisso da Fundação em criar respostas de integração.

Texto: Redacção Academia de Talentos



Esta notícia já foi consultada 2668 vezes
 
Publicidade