28
Abr
Rosa Mosqueta pode ajudar a reduzir o cancro? O extrato de rosa mosqueta é capaz de reduzir o crescimento e a migração das células associadas a um dos tipos mais agressivos de cancro da mama: o triplo negativo. A descoberta é de uma equipa de cientistas norte-americanos, que concluiu, também, que a substância tem potencial para aumentar a eficácia da quimioterapia.

O cancro da mama triplo negativo, que afeta, maioritariamente, mulheres jovens, hispânicas e afro-americanas, é um dos mais difíceis de tratar, já que é resistente à maioria dos tratamentos e, mesmo em casos em que as pacientes entram em remissão, tende a haver reincidências, registando-se uma taxa de mortalidade nos primeiros três anos superior à de outros tipos de cancro mamário.

A necessidade de encontrar um tratamento alternativo para esta doença oncológica motivou um grupo de investigadores da North Carolina Agricultural and Technical State University, uma universidade norte-americana, a estudar o potencial da rosa mosqueta.
Esta notícia já foi consultada 2199 vezes
 
Publicidade